SCP – Sociedade em Conta de Participação e CSC- Central de Serviços Compartilhados

Data e Hora
Data - 07/12/2018
09:00 - 18:00

Location
Regent Park Hotel

Tipo de evento:


Objetivo

Conhecer esses modelos de vinculação jurídica, visando apresentar suas vantagens financeiras, tributárias, cíveis e trabalhistas em relação aos demais modelos usuais.

O curso irá analisar e debater cada um deles sob os aspectos: segurança jurídica para os envolvidos, riscos legais, carga tributária incidente na cadeia de remuneração, sob a luz da jurisprudência administrativa (CARF), jurídica e nas esferas fiscais, cíveis e trabalhistas.

Avaliar os desafios e riscos que cercam os modelos de forma segura e sustentável.

Público

Gestores e diretores administrativo-financeiros, consultores e coordenadores de RH, profissionais liberais, executivos de alto nível, advogados, empresários, investidores e interessados no assunto.

Incluso

Material Didático – Plantão Tira Duvidas – Certificados – Coffe-Break

Conteúdo Programático

SCP – SOCIEDADE EM CONTA DE PARTICIPAÇÃO

Natureza Jurídica da Sociedade em Conta de Participação

Arranjos Societários possíveis de vinculação através do Modelo Jurídico SCP

– Investimento (Capital)

– Empreendimento (Negócio)

– Trabalho (Especialidade Laborativa)

Vinculação na atividade fim e na atividade meio. Possibilidades e requisitos legais e operacionais

Adequação/Inadequação do Modelo à natureza da relação

– Operacionalização

– Formalização jurídica e burocrática

– Gestão Administrativa da SCP

– Gestão Financeira da SCP

– Apuração de Resultados (Receita total, custos, tributos e resultados

– Ferramentas de Implementação

– Contabilização

Presença dos Elementos da relação de emprego

Como ocorre a presunção de vínculos trabalhistas no modelo e como evitá-la

Acordos de remuneração direta e indireta e sua viabilização/inviabilização no modelo

– Percentual sobre Resultados – Como mensurá-los, fixa-los, apura-los.

– Valores fixos

Tributação na Cadeia de Remuneração (única incidência tributária)

– Emissão de Notas Fiscais e Recibos

– Tributação no Sócio Ostensivo

– Tributação no Sócio Participante

– Demonstrativo de Imposto de Renda

– Custos Fiscais e Operacionais totais

Como fica a responsabilidade Técnica e Cível

Riscos Legais: Jurisprudência Trabalhista e Fiscal

CSC – CENTRAL DE SERVIÇOS COMPARTILHADOS

Natureza Jurídica da Estrutura do CSC

Elementos Motivadores para a Implantação de CSC

– Projetos de Expansão

– Economia X Produtividade

– Otimização de Processos

– Melhoria nos Procedimentos

– Padronização e Organização

– Ganhos de Escala

– Sustentabilidade do Negócio

– Benefícios Tangíveis e Intangíveis

– Planejamento e Negociação

– Alinhamentos das expectativas x realidade

Modalidades de Estruturação

– Clientes Internos x Clientes Externos

– Unidade Administrativa x Unidade de Negócios

– Implementação por centros de custos

Requisitos Legais, Fiscais e operacionais de constituição. Cuidados essenciais na Implementação

Operacionalização e Aferição de Resultados

– Adequação/Inadequação do Modelo de Negócios

– Operacionalização

– Formalização jurídica e burocrática

– Gestão Administrativa da CSC

– Gestão Financeira da CSC

– Métricas e Formas de Rateio de Custos via CSC

– Ferramentas de Implementação

– Ganhos de Escala

– Eleição dos KPIs (Indicadores de Desempenho

– Evolução no Sistema de Medição de Desempenho

– Segurança e Efetividade dos Serviços Prestados

– Tributação das Operações

– Contabilização

Acordos de remuneração direta e indireta na estrutura CSC e sua viabilização/ inviabilização dentro do modelo

– Corpo Gestor

– Atividade Fim x Atividade Meio

Riscos Legais: Jurisprudência Trabalhista e Fiscal

Palestrantes

Adriano Jannuzzi Moreira

Graduado em Direito pela UFMG. Especialista em Direito Tributário pela Universidade Gama Filho. Mestre em Direito Empresarial pela Faculdade de Direito Milton Campos. Doutorando em Direito junto a Universidade Museo Argentino. Possui MBA em Gestão de Negócios pela Faculdade de Estudos Administrativos de Minas Gerais. Especialização Internacional na UPC Universitat Politécnica da Catalunha no curso de Gestion Integrada de Prevencion, médio Am. Professor da Faculdade Arnaldo. Professor convidado da Pós-Graduação lato sensu PUC/MG. Advogado responsável pelo contencioso e consultoria trabalhista do Santos Moreira Advogados Associados. Controller Jurídico do Grupo Bel – Distribuidor Iconic Lubrificantes (Texaco). Membro fundador do IBGPAT – Instituto Brasileiro de Gestão de Prevenção de Acidentes de Trabalho. Consultor nas áreas de avaliação e desempenho da gestão empresarial e manejo avançado de crises. Juiz Classista junto ao TRT3 de 1996 a 2002. Autor de livros e artigos.

Áurea Cristhina Cruz

Advogada especialista em Direito Tributário e Societário, com mais de 30 anos de experiência na área, formada em Direito pela Faculdade de Direito de Curitiba com especialização em Direito do Trabalho, e pós Graduação em Direito Público, Direito Civil e Direito Tributário.